Lifestyle

A Importância de viver no momento presente: Como a meditação pode te ajudar

Com a agitação do cotidiano, é muito importante que as vezes você dê uma parada, respire fundo e se reconecte. Por esse motivo, cada vez mais, tem se constatado o poder da meditação para combater doenças relacionadas ao estresse, como por exemplo a ansiedade e a síndrome de burnout.

A meditação também traz bem-estar e equilíbrio para você encarar os desafios do dia a dia, e além disso, te ajudar a manter sua saúde mental em tempos de Coronavírus.

E foi pensando nisso que criamos este artigo, para que você consiga entender a  importância de viver no momento presente: como a meditação pode te ajudar.

Então, veja a seguir a importância da meditação e os benefícios que essa prática pode trazer para sua vida. Continue a leitura.

A Importância de viver no momento presente: Quais os benefícios da meditação?

Como vimos acima, devido a uma série de fatores como: pressão no trabalho, alto fluxo no trânsito, pressão no ambiente acadêmico, entre outros, a rotina das pessoas está cada vez mais estressante, e tudo isso contribui para o aumento da tensão do dia a dia.

Logo, a prática da meditação pode ser uma excelente aliada para te ajudar a enfrentar essa rotina estressante, pois, ela pode trazer muitos benefícios, tais como:

  • Redução do estresse;
  • Diminuição da ansiedade;
  • Clareza mental;
  • Diminui o ritmo respiratório;
  • Aumento da concentração;
  • Aumento da imunidade;
  • Autoconhecimento;
  • Estabilidade emocional;
  • Integração com o meio ambiente.

 

E além de todos esses benefícios que acabamos de mencionar, com a meditação você também aprende como relaxar o corpo, como sentar de uma maneira mais confortável em uma posição estável, como tornar o processo respiratório mais tranquilo e ainda como se tornar um observador da própria mente.

Em que consiste a meditação?

Quando falamos de meditação, estamos nos referindo a uma prática oriental que consiste basicamente em um conjunto de técnicas para que você consiga esvaziar sua mente, aumentar seus níveis de concentração, e principalmente, te ajudar a manter a atenção no momento presente.

Mas, por essa prática estar presente em várias culturas, fica difícil responder com exatidão o que é a meditação. Pois, enquanto alguns povos buscam estados elevados de consciência através da prática da meditação, outros a utilizam apenas para relaxar.

No entanto, a grande maioria das pessoas, concordam que a meditação ajuda você a desligar-se do mundo exterior, se livrar dos julgamentos e se conectar com o que realmente importa, ou seja, o “aqui e agora”.

Tipos mais conhecidos de meditação

Como você acabou de ver, a meditação é praticada em diversas culturas. Sendo assim, é bem comum que cada uma delas tenha suas peculiaridades. Conheça as práticas mais comuns de meditação:

1. Meditação cristã

Nessa prática a ideia principal é meditar sobre a palavra de Deus. Logo, pode ser feito através da repetição de textos e frases sagradas da leitura e interpretação da Bíblia Sagrada, focando a mente em uma conexão com Deus de uma maneira silenciosa.

2. Meditação budista

A prática da meditação budista busca a compreensão da vida, purificação e concentração. Entre as formas de realizar a meditação budista, pode-se usar o Zazen, em que o praticante da meditação se senta em posição de lótus e mantém o foco na própria respiração.

Já o Vipassana, tem o foco em manter a atenção total do próprio corpo e todas as suas sensações, enquanto a atenção plena ou Mindfullness, procura esvaziar a mente e manter a atenção completa no presente.

3. Meditação Hindu

Um dos estilos de meditação mais difundidos pelo mundo e muito associado às práticas de Yoga, é a meditação hindu. Nesse tipo de meditação, pode-se usar a posição do mantra Om, com a finalidade de que a vibração do som, vai induzir um estado de relaxamento meditativo. E ainda, podem ser usados sons, como no caso da transcendental.

4. Meditação chinesa

O estilo de meditação chinesa tem como principal característica a transformação da energia. Então, a ideia é que ela circule pelo corpo e garanta força e vitalidade. Por exemplo, o tai chi chuan, é uma arte marcial baseada na meditação, com o uso de movimentos lentos e introspectivos.

Aprenda a fazer sua meditação diária

Existem muitas técnicas para meditar nas quais você pode se aprofundar, no entanto, não é necessário se matricular em uma aula para começar. Em primeiro momento, procure um lugar tranquilo onde você consiga relaxar por pelo menos 30 minutos. Sente-se de maneira confortável.

E caso seja sua primeira vez, você pode escolher a meditação guiada, existem muitas opções legais na internet. Mas, se isso não for possível, apenas feche os olhos e comece a ouvir os sons da natureza ao seu redor. Inspire e expire lentamente.

Além dos inúmeros benefícios que a meditação traz para sua vida, um deles é que ela te ajuda a encarar os problemas com serenidade, manter o foco mesmo em situações difíceis e até mesmo diminuir sintomas de algumas doenças. E com a prática diária você consegue ter controle sobre a própria mente e direcionar seus pensamentos.

Conclusão

Concluindo, a prática da meditação, além de ser muito útil para sua vida, ainda ajuda a prevenir e evitar doenças, como por exemplo, a hipertensão. Por todos os motivos que você acabou de ver, vale muito a pena experimentar esta técnica e trazer a meditação para a sua vida definitivamente. Se esse conteúdo faz sentido para você, deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.

 

Abraços!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.