Comunicadora por formação, professora de yoga por amor e artista de alma,  Adriana Maria Mota uni em sua marca, todas as suas paixões. Desde muito cedo trabalhou como designer de joias, bijuterias finas e acessórios em geral. Mas, o grande divisor de águas em sua carreira, veio de um convite da marca HUGO BOSS, onde passou a desenvolver acessórios masculinos, atuando desde a criação das peças até sua fabricação, dando uma identidade atemporal e minimalista a marca.

Todos seus acessórios tem como fio condutor a atemporalidade, pois são peças que cabem no estilo de qualquer mulher, despertando nelas força e  poder. Sua maior preocupação sempre foi o excessivo controle de qualidade que ela imprime em todas suas peças. Outra preocupação da marca é a relação entre estilo, exclusividade, praticidade e comodidade. 

Cada peça nasce em um momento de inquietude e necessidade de transformação. Seu processo de criação requer momentos de introspecção, como também de ousadia, que a conectam a abrir os “canais“ da percepção. Adriana busca inspirações em suas viagens, onde entra em contato com diferentes culturas, costumes, artistas, artesãos  e sempre com um olhar de nunca subestimar nenhum tipo de arte.

“Sempre me interessei por cada artista que no decorrer do tempo, foram cruzando meu caminho. Sempre me encantou as artes de rua, os artesãos de um modo geral. Artesã é uma palavra que me define muito bem, associada a minha curiosidade e inquietude que sempre me levaram a conhecer, explorar e a arriscar a trabalhar com diversas formas e materiais.” conta Adriana. 

 O mar e a natureza sãos sua âncora de inspiração para desenvolver suas criações, pois é lá que Adriana se conecta com sua essência para aflorar suas ideias. A ousadia de se entregar a novas experiências, é onde ela encontra uma conexão entre o seu dia a dia e o que transcende a ele, dando vida às mais inusitadas criações viscerais. 

Fechar Menu
Sacola Item Removed. Undo
  • Não há produtos m sua sacola.
×

Carrinho